Tipos de difusores para óleos essenciais

Você sabia que, na Aromaterapia, os óleos essenciais podem ser administrados de duas maneiras?

Uma delas é pela aplicação direta na pele, sejam puros em picadas de insetos, cortes ou acne, por exemplo, ou diluídos em óleos carreadores em massagens, compressas, banhos etc. Esse tipo de aplicação proporciona um efeito local imediato e fisiológico, já que as moléculas dos óleos essenciais são pequenas o suficiente para serem absorvidas pela pele e caírem nos sistemas circulatórios sanguíneo e linfático, chegando às células rapidamente.

A outra maneira é pela inalação por meio da difusão aérea dos óleos essenciais. As moléculas aromáticas, quando inaladas, são transportadas sem nenhum obstáculo para o sistema límbico cerebral, responsável pelo olfato mas também por nossas emoções, sentimentos e memórias. A aromatização de um ambiente com óleos essenciais proporciona bem-estar e traz benefícios emocionais, que consequentemente geram reações físicas positivas, como alívio da tensão muscular. Além disso, a difusão aérea é particularmente eficiente para problemas nas vias respiratórias e para limpeza do ar no recinto.

Existem várias maneiras de se difundir óleos essenciais em sua casa. Os mais conhecidos são os difusores a vela, geralmente de cerâmica. Possuem um recipiente para colocar água e algumas gotas óleo essencial (no máximo 10); o calor da vela esquenta essa mistura, que evapora aromatizando o ambiente. Escolha um modelo mais alto, no qual a vela fique mais afastada do topo. Ao contrário, a vela transferirá muito calor para a cerâmica e o óleo essencial pode não só evaporar rápido demais, como perder algumas de suas propriedades. O aquecimento deve ficar entre 45o e 55o C.

montagem

O difusor elétrico de tomada, de cerâmica esmaltada de preferência, tem a vantagem de gerar uma fonte de calor mais constante e adequada para óleos essenciais. Existem modelos de várias marcas, girando em torno de R$45. Já os difusores elétricos a vapor não só aromatizam o ambiente como melhoram a qualidade e a umidade do ar. Alguns modelos possuem tecnologia ultrassônica, que fragmenta a solução de água e óleos essenciais em micropartículas de vapor frio, preservando assim as propriedades terapêuticas dos óleos. É um investimento bem mais alto, mas compensa. Atenção! Compre um difusor específico para Aromaterapia, já que os óleos essenciais podem corroer o plástico dos difusores a vapor convencionais.

Existem também os difusores a frio, que podem ser de madeira ou cerâmica porosa, comumente encontrados na forma de objetos de decoração. Eles absorvem os óleos essenciais e os liberam à temperatura ambiente, sem necessidade de uma fonte de calor. A difusão, nesse caso, é pontual e para pequenos locais. Esses materiais também são usados em difusores pessoais, na forma de pingentes ou de bolinhas inseridas dentro de relicários em colares.

montagem2

Os difusores de varetas, além de decorativos, também aromatizam o ambiente de forma fria, através da evaporação do álcool de cereais em temperatura ambiente. É necessário girar as varetas de bambu regularmente para expor a parte úmida e possibilitar a volatilização dos óleos essenciais, o que algumas pessoas podem achar pouco prático. Além disso, as varetas eventualmente ficam saturadas e precisam ser substituídas.

DICA IMPORTANTE! Sempre deixe o difusor o mais próximo possível do chão. O fluxo das moléculas dos óleos essenciais é ascendente, ou seja, são muito leves e sua tendência é subir. Se o difusor for posicionado muito no alto, as moléculas ficam fora do alcance olfativo, o que prejudica a eficiência aromaterapêutica da difusão aérea.

Ainda não tem um difusor?

  • Você pode simplesmente inalar algumas vezes o óleo essencial diretamente do seu vidrinho, ou pingar uma gota na palma da mão, friccionar uma mão na outra e posicioná-las em forma de concha à frente do nariz. O aroma fica intenso e incrível!
  • Confira os banners laterais aqui no blog, sempre tenho cupons de desconto rolando em sites parceiros! :)

Semana que vem começarei a postar vídeos sobre os benefícios de cada óleo essencial, começando pelo de Lavanda. Aguardem! :)

 

Anúncios

9 comentários sobre “Tipos de difusores para óleos essenciais

  1. Menina… eu achava que não tinha difusor. Acabei de descobrir que tenho! Ganhei de uma amiga uma luzinha de tomada de cerêmica com essa cavidade, mas sempre pensei que fosse só um enfeitinho! Oba! Vou usar AGORA!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Comprei recentemente um difusor com vapor ultrasonico de uma rede de lojas japonesas chamada MUJI (o difusor é um dos xodós da loja). Estou amando a experiência! Uso bastante pra acompanhar meus momentos de relaxamento e prática de yoga. Parabéns pelo blog :-)

    Curtido por 1 pessoa

    1. Oi Clea, tudo bem? A dica para limpar seu difusor é usar algum óleo vegetal, ele vai “amolecer” o resíduo. Outra dica é colocar um pouco de água no difusor, assim o óleo essencial não vai queimar e deixar esse resíduo chato de retirar. Beijos!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s